Consórcio Carros | Consórcio Motos | Consórcio Imóvel | Como funciona?


Se você quer realizar um grande sonho, mas ainda não tem o dinheiro necessário para isso, talvez seja a hora de procurar um consórcio. Se você quer saber o que é um consórcio e como funciona, tire todas as suas dúvidas a seguir.



Porto Seguro Consórcio
Consórcio de Carro Novo e Seminovo Porto Seguro | A partir de R$ 461,77

O que é consórcio?

O que é consórcio?

Vamos começar este artigo explicando o que é consórcio para que você entenda em quais situações é possível contratar esse serviço financeiro.

Um consórcio é uma modalidade de crédito contratada por um grupo de pessoas ou empresas que têm um objetivo em comum. Dessa forma, os consorciados se organizam para pagar mensalmente as parcelas do consórcio para que, a cada mês, um ou mais participantes sejam contemplados com o valor total do consórcio por meio de sorteio.

Em resumo, podemos dizer que o consórcio é uma poupança coletiva na qual cada membro paga as parcelas definidas no contrato e tem a chance de receber o valor total da aplicação antes de pagar todas as parcelas.

Sorteio do consórcio

Dependendo do tipo de consórcio e tempo de parcelamento, o sorteio pode demorar anos. Isso porque o participante pode ser sorteado e receber o valor total em qualquer mês entre o primeiro ao último mês do consórcio.

Então, a primeira dica que deixamos para quem quer entrar em um consórcio é não ter pressa. A boa notícia é que existem alguns mecanismos que podem ser usados para acelerar o recebimento da carta de crédito do consórcio. Vamos falar mais sobre isso a seguir!

Quem fica responsável pelo consórcio?

O consórcio é de responsabilidade da administradora do consórcio, que recebe mensalmente o pagamento dos consorciados, organiza as assembleias, os lances, os sorteios e o pagamento da carta de crédito. Como é de se esperar, é cobrada uma taxa administrativa pela gestão do consórcio.

Lance do consórcio

Para diminuir o tempo de espera existe o lance do consórcio, que é uma opção para o consorciado aumentar as suas chances de contemplação do imóvel a partir de um pagamento extra.

Na prática, o lance é uma oferta de um valor, normalmente sem limite pré-estabelecido, que será abatido no saldo devedor e pode ser responsável por aumentar as chances do consorciado ser contemplado.

As regras de oferta do lance podem variar e devem constar no contrato de adesão do consórcio. Mas, no geral, quem oferece o maior lance fica com a carta de crédito do consórcio, ou seja, recebe o valor total e continua pagamento as parcelas em aberto com o desconto do valor do lance.

Para ter uma boa oportunidade no lance do consórcio, o recomendável é oferecer um lance de 20% a 50% do valor total do consórcio. Quanto maior o valor maior a chance de conseguir a carta de crédito a partir do lance.

Taxas do consórcio

As taxas do consórcio podem variar de acordo com o tipo de consórcio e segundo as regras da administradora. Porém, existem três taxas que são normalmente encontrada em consórcios. São elas:

  • Taxa de administração do consórcio: taxa que o consorciado paga para a administradora pelos serviços prestados.
  • Custo de seguros do consórcio: taxa para o seguro coletivo que cobre morte, invalidez do cotista e desistência do consórcio.
  • Taxa de fundo de reserva do consórcio: taxas que servem para cobrir casos de inadimplência do grupo.

Vantagem do consórcio

Vantagem do consórcio

A principal vantagem do consórcio é, sem dúvida, a taxa de juros. Ao comparar o consórcio com o financiamento, por exemplo, é fácil visualizar que o mesmo bem pode custar muito mais se for pago com por meio de um financiamento. Além disso, podemos destacar como vantagem do consórcio a possibilidade de comprar um bem antes mesmo de juntar o valor total, mas isso vai depender da sorte que o consorciado terá nos sorteios.

Tipos de consórcio

Existem diversos tipos de consórcio para diferentes objetivos e condições. Os mais populares no mercado brasileiro são o consórcio imobiliário e o consórcio de carro. Porém, existem muito mais opções e que podem ser aplicadas em diferentes situações. Veja a seguir!

  • Consórcio Imóvel
  • Consórcio Viagem
  • Consórcio Carros
  • Consórcio Moto
  • Consórcio Eletrodomésticos
  • Consórcio Cirurgia Plástica
  • Consórcio Construção
  • Consórcio Contratação de Serviços

Consórcio Imobiliário

O consórcio imobiliário, também conhecido no mercado como consórcio de imóveis, é um dos serviços financeiros mais procurados por pessoas que têm o sonho de comprar uma casa, um terreno ou até reformar um imóvel.

Se você já está em um consórcio imobiliário e quer dar um lance, nós temos uma dica. Uma boa média para o consórcio imobiliário é oferecer um lance de 30% do valor do imóvel. Porém, vale considerar que as chances aumentam muito com os lances próximos a 50% do valor. Vale lembrar que sendo sorteado ou tendo um lance contemplado, o imóvel fica no nome da administradora até o pagamento da última parcela do consórcio.

Se você está em dúvida entre o financiamento ou o consórcio de imóveis, confira as informações que vamos compartilhar a seguir. A grande vantagem do consórcio imobiliário em relação ao financiamento de imóveis é o custo menor.

Atualmente, a taxa média de juros de financiamento de casa própria no Brasil varia entre 6,5% e 9% ao ano, enquanto nos consórcios não são cobradas taxas de juros, mas sim taxas administrativas. Veja exemplos de financiamento e consórcio de imóvel.

Consórcio de Automóvel

O consórcio de automóvel pode ser usado para a compra de uma moto, carro, caminhão ou outros veículos. No consórcio de carro, as administradoras costumam cobrar entre 14% e 20% do valor da carta de crédito, por meio de três custos: taxa administrativa, custo de seguros (cobre morte e invalidez do cotista) e taxa de fundo de reserva (recursos que servem para cobrir a inadimplência do grupo). Confira um exemplo de consórcio de automóvel e saiba como participar!

Consórcio

  • R$ 30 mil | Prazo: 60 meses | Parcela: R$ 500/mês

Taxa

  • 15% de R$ 30 mil = R$ 4,5 mil | R$ 4,5 mil ÷ 60 meses = R$ 75/mês

Fundo

  • 2% de R$ 30.000 = R$ 600 | R$ 600 ÷ 60 meses = R$ 10/mês

Parcela

  • Fundo comum + taxa administrativa + fundo de reserva = R$ 500 + R$ 75 + R$ 10 = R$ 585/mês

Escolha o melhor consórcio! Nós te ajudamos a contratar.

*Os valores e taxas fazem parte de uma simulação e podem variar de acordo com o consórcio.


🛵 Consórcio Moto | Qual o melhor consórcio de moto?
Saiba mais

Consórcio Cirurgia Plástica

No consórcio para cirurgia plástica, além do pagamento do fundo comum, que é o valor que os participantes vão pagar para formar um fundo destinado para o pagamento do serviço, as administradoras cobram entre 14% e 20% do valor da carta de crédito por meio de taxas aplicadas no valor da parcela.

O valor da carta de crédito dos consórcios para cirurgia costuma variar entre R$ 15 mil e R$ 30 mil e o valor total da cirurgia pode ser parcelado por um período que varia entre 20 e 40 meses. Para participar dessa modalidade de consórcio, normalmente, é necessário ter mais de 18 anos e comprovar renda correspondente a três vezes o valor da parcela do consórcio.

Se você quer saber mais sobre as vantagens do consórcio para cirurgia plástica, aproveite para ler um artigo com mais informações e consultar um exemplo de consórcio de cirurgiacom preços e taxas reais.

Consórcio para Construção

No consórcio para construção, a primeira coisa que você tem de definir é o quanto de dinheiro você precisa, ou seja, quanto será a sua carta de crédito.

Além do pagamento do fundo comum, valores que os participantes pagam todos os meses para participarem do consórcio, as administradoras brasileiras costumam acrescentar taxa que varia entre 14% e 20% do valor da carta de crédito por meio de taxas.

É necessário saber o custo da construção para saber quanto pedirá de crédito. É responsabilidade do consorciado encontrar profissionais e cotar os materiais de construção. Veja exemplos, dicas e saiba se o consórcio para construção vale a pena!

Consórcio ou Financiamento

Consórcio ou financiamento?

Se você está pensando em comprar um imóvel ou um veículo, é normal que apareçam dúvidas sobre como realizar a compra sem o valor total do bem. As principais opções de serviços financeiros nesse caso são consórcio ou financiamento, por isso vamos explicar a seguir qual é a melhor opção dependendo da situação do comprador.

Como você está pedindo dinheiro emprestado, é normal que o banco ou financeira cobre pelo serviço. É aí que aparecem as taxas de juros, que em alguns casos podem até dobrar o valor do bem no final do financiamento.

As taxas de juros para financiamento de veículos vão de 0,78% ao mês a 3,83% ao mês, segundo um levantamento feito pelo Banco Central com 45 instituições financeiras, no período de 10 a 16 de janeiro de 2021, para operações pré-fixadas destinadas à pessoas físicas. Já para financiamento imobiliário, as taxas giram em torno de 7,5% ao ano.

No caso do consórcio, o consorciado deve saber que algumas taxas estão sujeitas à variação. Nos consórcios de imóveis, por exemplo, elas são reajustados de acordo com o Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M) ou o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC).

Financiamento ou consórcio?

A resposta para a dúvida se a melhor opção é financiamento ou consórcio vai depender das necessidades do solicitante. Se você tem pressa para comprar uma casa ou um carro, o recomendado é escolher o financiamento. Caso contrário, se você vai fazer uma compra planejada e pode esperar meses ou até mesmo anos, a melhor opção é o consórcio, pois o preço final é bem mais baixo se comparado com o financiamento.

Confira exemplos de consórcio e financiamento e tire todas as suas dúvidas!

FAQ Consórcio - Perguntas frequentes

O que é consórcio?

O consórcio é um tipo de crédito contratado por um grupo de pessoas. Ao entrar em um consórcio, você paga mensalmente o valor do bem para um banco ou financeira e depois recebe o dinheiro para comprar à vista o carro, o imóvel ou o serviço contratado. Dessa forma, a cada mês um ou mais consorciados são contemplados por sorteio ou lance e recebem o valor total do consórcio.

Quais são os principais tipos de consórcio?

Os principais tipos de consórcios do mercado são: consórcio imobiliário, consórcio de carros, consórcio viagem, consórcio de eletrodomésticos, consórcio cirurgia plástica, consórcio construção e consórcio contratação de serviços.

Como entrar em um consórcio?

Para entrar em um consórcio é necessário encontrar uma empresa que atua como administradora do consórcio e confirmar se ela tem um grupo de consórcio com o objetivo e coondições que você bsuca. Antes de fechar o contrato do consórcio, consulte se a empresa escolhida está autorizada pelo Banco Central, que é o órgão responsável por regulamentar o Sistema de Consórcios do Brasil.

Como declarar consórcio no Imposto de Renda?

Os consórcios devem ser declarados como "bens e direitos" com o código 95 no Imposto de Renda, mas não são considerados despesas dedutíveis. Dessa forma, se ainda não foi contemplado, o declarante precisa informar os dados da administradora do consórcio, assim como os valores que foram pagos no ano referente ao IRPF, na parte destinada para "discriminação". No caso de consórcios contemplados também é necessário colocar as informações do consórcio, da administradora e a data da contemplação.

Qual é a vantagem do consórcio?

A principal vantagem do consórcio em relação aos outros tipos de crédito é a taxa de juros, o que reduz bastante o valor final pago pelo produto ou serviço. Além disso, ao ser sorteado, o consorciado consegue comprar o bem antes de ter pago o valor total.

Consórcio ou financiamento?

Para dizer se o consórcio é melhor que o financiamento, é necessário saber o objetivo do comprador. Caso o mesmo não tem pressa para realizar a compra, o consórcio é melhor porque acaba custando menos que um financiamento, por exemplo. Mas, se a ideia é fazer a compra o quanto antes, o financiamento é a melhor opção, mas tem taxas de juros muito mais altas. Saiba mais sobre escolher consórcio ou financiamento.

Selectra Seguros

Saiba mais sobre Finanças na Selectra!
Informações e dicas sobre investimento e finanças de um jeito simples para você!

Aproveite para ler outros artigos sobre finanças, investimentos e empréstimos!