Saiba a diferença entre seguro viagem e assistência viagem

Seguro viagem vs. Assistência Viagem
Tudo sobre Seguro Viagem e Assistência Viagem

Pretende viajar e está na dúvida entre contratar Seguro Viagem ou Assistência Viagem? Fique tranquilo! Neste texto vamos explicar as principais diferenças entre os dois serviços. Saiba mais a seguir!

O que é Seguro Viagem?

Primeiramente vamos explicar o que é o Seguro Viagem. Esse serviço também conhecido como Seguro de Viagem ou até Seguro para Viagem. O seu principal objetivo é cobrir despesas médicas e hospitalares, cancelamento de viagem, bagagem perdida, acidentes e outras possíveis perdas ocorridas durante uma viagem, tanto a nível internacional como nacional.

Em resumo, o Seguro Viagem é um produto no qual você fecha um contrato com uma seguradora e, em caso de danos, essa empresa paga uma indenização. Sempre de acordo com as condições estabelecidas previamente na apólice, que o documento que identifica todas as coberturas dos seguro de viagem.

Seguro Viagem vs. Assistência Viagem

Mas qual é a diferença entre Seguro Viagem e Assistência Viagem?

Atualmente, não existe nenhuma diferença entre o Seguro Viagem e a Assistência Viagem. A Resolução 315/2014, da Superintendência de Seguros Privados (Susep), que entrou em vigor em 2016, acabou com as diferenças e unificou os dois serviços.

Porém, antes da nova norma ser publicada, existia uma diferença importante entre o seguro e a assistência de viagem. O que mudava em relação aos serviços eram as regras de atendimento e também de pagamento. Se você quer saber como era antes, veja a nossa explicação a seguir.

Seguro Viagem vs. Assistência Viagem

Antes de 2016, o Seguro Viagem tinha como objetivo reembolsar o segurado com os gastos que ele tivesse durante a viagem. Ou seja, no momento do imprevisto o segurado precisava buscar atendimento por conta própria, pagar os serviços e somente depois solicitar reembolso.

Já no caso da Assistência Viagem, era só entrar em contato com a seguradora no momento da emergência. Dessa forma, a equipe de atendimento era responsável por encaminhar o segurado para um centro conveniado, com todas as despesas cobertas pela seguradora.

O que mudou na Assistência Viagem?

A resolução da Susep fez com que ambos os serviços virassem um só. Com isso, o cliente passou a ter a opção de escolher qual modalidade de atendimento ele quer. Além disso, a mudança principal foi que com a nova medida a cobertura de tratamentos médicos, odontológicos e hospitalares aos turistas passou a ser obrigatório.

Antes essa cobertura só fazia parte da Assistência Viagem. Então, hoje em dia, praticamente todas as seguradoras chamam o serviço completo de Seguro Viagem.

Seguro Viagem vale a pena?

Se você está se perguntando se o Seguro Viagem vale a pena, a resposta é sim. Pela nossa experiência, é altamente recomendável contratar um seguro para viajar. Para alguns destinos, como vários países europeus, esse tipo de seguro é obrigatório.

Existem planos para as mais diversas situações, desde a mais comum, que incluem despesas médicas, hospitalares e odontológicas, até problemas para viajar, como cancelamento ou interrupção de viagem, cuidados especiais e extravio de bagagem.

Além disso, existem os serviços opcionais, que podem ser adquiridos, como hotéis para pets e a contratação de um concierge, que é um assistente pessoal para reservas de hotéis, restaurantes e etc.

Contratar Seguro de Viagem

Como contratar o Seguro Viagem?

O Seguro Viagem pode ser contratado no momento da reserva de um pacote de viagem, cobrindo exatamente a duração do deslocamento. Outra opção é comprar por meio de empresas especializadas, como bancos e corretoras, de modo online ou presencial.

Para quem busca um seguro com melhor custo-benefício, uma dica é utilizar o nosso site para fazer cotações online.

6 dicas para escolher um Seguro Viagem

  1. Pesquise, em diferentes seguradoras, os tipos de coberturas.
  2. Veja se existem necessidades extras, além das coberturas básicas.
  3. Em alguns casos, confira se você já tem direito ao serviço. Por exemplo, quem tem cartão de crédito considerado premium provavelmente tem direito a um seguro gratuito. Porém, é preciso ligar para empresa do cartão (seja Mastercard, Visa, Elo, American Express etc.) para ativar o seguro, informando o período da viagem, destino e algumas outras informações.
  4. Leia com atenção os detalhes do contrato, as coberturas inclusas e entenda os valores estipulados para as indenizações.
  5. Escolha uma seguradora confiável e com experiência no mercado. Você sempre pode procurar se a empresa tem boa avaliação ou buscar reclamações de clientes.
  6. Por fim, recomenda-se que o período contratado do Seguro Viagem seja para um dia antes do embarque e dois dias depois, assim você evita qualquer problema.

Quanto custa um Seguro Viagem?

O preço do Seguro Viagem pode variar bastante, a depender da empresa e da cobertura. Contudo, para um Seguro Viagem básico para os Estados Unidos é possível pagar cerca de R$ 20 por dia (por pessoa), enquanto um Seguro Viagem Europa pode sair por menos de R$ 15 por dia.

E vale a pena? Sim, uma vez que internações nos EUA podem chegar a US$ 3.500 a diária – além das consultas emergenciais serem bem caras. Mas não é só na América do Norte que os serviços de saúde são caros. Em praticamente todos os países mais procurados pelos brasileiros as consultas médicas e odontológicas são caras.

Em Portugal, por exemplo, uma consulta emergencial não sai por menos de € 20. Já na América Latina uma consulta médica pode custar cerca de R$ 300 no Peru, enquanto na Costa Rica uma consulta odontológica sai por aproximadamente R$ 200.

Para um Seguro Viagem Nacional, entretanto, os preços são bem mais em conta, podendo sair cerca de R$ 50 uma viagem doméstica de 15 dias. Porém, antes de contratar um seguro nacional é bom verificar se o seu Plano de Saúde já possui cobertura nacional.

Seguro Saúde ou Seguro Viagem?

Como já mencionamos, o Seguro Viagem ampara o cliente contra uma série de imprevistos, que vão de emergências médicas a extravios de bagagens.

O Seguro Saúde, por sua vez, a menos que você contrate serviços extras, abrange apenas problemas relacionados à saúde, tais como emergências médicas e consultas hospitalares. Dessa forma, o Seguro Saúde não pode ser acionado em caso de problemas com a viagem e não substitui o Seguro Viagem.

Selectra Seguros

Conheça todos os Seguros na Selectra!
Tudo sobre seguros de forma simples e feita para você!

Agora que você já sabe mais sobre seguro de viagem, aproveite para pesquisar as opções do mercado e fazer uma cotação para escolher o melhor seguro para viajar!

Atualizado