Seguro residencial é caro? Saiba o preço do seguro de casa

Seguro residencial
Quer contratar um seguro para casa? Saiba quanto custa esse tipo de seguro

Quer saber quanto custa um seguro de casa? Descubra aqui se o preço do seguro residencial é alto e veja se vale a pena contratar uma proteção para a sua casa. Aproveite para saber como funciona o seguro residencial e quais sãos as coberturas deste serviço. Confira a seguir!


Seguro residencial preço

Seguro residencial é caro? Saiba se vale a pena contratar

Imprevistos podem acontecer com qualquer um, ainda mais dentro de uma casa. O seguro residencial tem justamente o objetivo de minimizar qualquer acidente que venha afetar a sua vida e a de seus familiares. Esse tipo de proteção também serve para a manutenção do imóvel, minimizar prejuízos e pagar indenizações em caso de incidentes mais graves. A seguir vamos explicar melhor as vantagens do seguro de casa e o custo-benefício do serviço.

O que é Seguro residencial? Seguro de casa é caro?

Antes de falar se o seguro residencial é caro, vamos começar explicando o que é essa proteção. Se você está interessado em contratar um seguro para casa, é importante saber que esse tipo de seguro protege as residências dos segurados e pode ser contratado por proprietários e inquilinos. Além disso, existem proteção para moradias de temporada e também para as permanentes.

Seguro de casa: como funciona?

O seguro residencial pode oferecer proteção para a estrutura física do imóvel e também para os objetos que estão dentro ele. Esse tipo de seguro é chamado de multirrisco, já que possui diferentes seguros (casa e bens) em uma única apólice, com as coberturas básicas e adicionais escolhidas pelo cliente.

O que o seguro residencial oferece?

Normalmente, o seguro para residências cobre danos causado por incêndios, queda de raios e explosão causada por gás doméstico. Vale destacar que as consequências dos acidentes como os citados acima podem causar desmoronamento, impossibilidade de proteção ou remoção de salvados, despesas com combate ao fogo, salvamento e desentulho do local. É importante saber que todos esses serviços também podem ser adicionadas nas coberturas do seguro residencial.

Outros tipos de coberturas adicionais podem cobrir incêndios provocados por explosão de aparelhos, por substâncias de qualquer natureza ou decorrentes de outras causas. Assim como danos causados por terremoto, além das queimadas em zona rural, vendaval, impacto de veículos, queda de aeronave e danos elétricos podem ser incluídas no seguro residencial.

Seguro residencial vale a pena?

O que o seguro residencial não cobre?

Existem alguns bens materiais que, geralmente, a apólice do seguro residencial não cobre. Ou seja, em alguns casos os prejuízos não serão assumidos pela seguradora, mesmo que a origem do problema seja um dos riscos cobertos. Dessa forma, em alguns casos as seguradoras não cobrem alguns objetos, como pedras, metais preciosos, obras e objetos de arte em geral. Assim como bens de alto valor, como joias, raridades e outros, que facilmente são destruídos ou danificados em caso de incêndio.

Outros objetos, mesmo que tenham menor valor, também podem ficar de fora da cobertura do seguro de casa. Alguns exemplos são manuscritos, plantas, projetos, papel-moeda, selos, cheques, papéis de crédito, moedas cunhadas, livros de contabilidade e outros.

Seguro residencial: bens de terceiros

Além os exemplos citados acima, os bens de terceiros também não entram na cobertura do seguro residencial, a menos que esses bens estejam sob responsabilidade do segurado para reparos ou manutenção e que existam registros comprovando a responsabilidade do segurado, como notas fiscais ou outros documentos legais.

Afinal, seguro residencial é caro?

Agora que você sabe o que é o seguro residencial, o que ele cobre e como funciona, chegou a hora de saber se esse tipo de serviço é caro. Na verdade, o seguro residencial não custa caro, porém a maioria dos brasileiros não contrata essa proteção. Isso acontece porque muitas pessoas ainda acreditam que contratar um seguro é caro.

Preço do seguro residencial

O custo do seguro residencial depende de vários fatores, como a localização do imóvel, tipo de imóvel, entre outras características. Se pensarmos em planos básicos, é possível encontrar seguros de casa que custam menos de R$500 por ano. Ou seja, o custo-benefício desse tipo de serviço é excelente. Conheça também o seguro residencial home office!

No Brasil, muitas famílias ainda não adquiriram o hábito de proteger a residência. De acordo com a Superintendência de Seguros Privados (Susep), até 2018 somente 14,6% das casas do país tinham seguro. Porém, esse comportamento deve mudar ao longo dos anos até que contratar seguro para casa seja um hábito que faz parte do estilo de vida dos brasileiros.

Qual o valor de um seguro residencial?

Segundo dados da associação Proteste, um seguro residencial custa, em média, R$ 456,55 por ano. Então, se formos pensar nos transtorno e despesas que os acidentes podem causar nas residências, esse valor anual vale muito a pena.

A notícia positiva é que os brasileiros estão começando a se interessar pelo seguro residencial, já que a procura está aumentando aos poucos. Esse interesse reflete nos números das seguradoras, já que em 2019 o setor especializado em seguro residencial arrecadou R$ 3,17 bilhões, um crescimento de 5,8% em relação ao ano anterior.

Seguro residencial é caro?

Seguro residencial aluguel: paga o inquilino ou o proprietário?

A grande dúvida sobre o seguro residencial para quem mora em imóvel alugado é sobre o responsável pelo pagamento do seguro. Sendo assim, a seguir vamos explicar o que acontece nessa situação.

De acordo com a Lei do Inquilinato (Lei nº 8.245/91), o proprietário possui a responsabilidade de pagar o seguro contra incêndio. Porém, geralmente, o dono do imóvel passa essa responsabilidade para o inquilino, já que ele precisa entregar o imóvel na mesma condição da sua entrada. Dessa forma, se houver algum incêndio dentro do imóvel alugado, o inquilino tem a garantia da indenização do seguro.

Como escolher um seguro residencial?

Se você ficou interessado em contratar um seguro residencial, mas ainda não sabe como procurar e escolher um seguro com ótimo custo-benefício, confira as nossas dicas e proteja a sua casa. Se você quer saber mais sobre esse tipo de seguro, clique aqui e leia mais.

4 dicas para escolher o melhor seguro residencial:

  1. Entenda suas necessidades: a grande vantagem de escolher um seguro residencial básico é poder incluir coberturas adicionais de acordo com as suas necessidades.
  2. Escolha uma seguradora confiável: pesquise bastante sobre as seguradoras antes de escolher uma opção. Você pode ler vários conteúdos sobre seguros aqui no nosso site para tomar a melhor decisão.
  3. Converse com os corretores: os corretores de seguros podem tirar muitas dúvidas que surgem no momento da contratação, até mesmo online é possível conversar com esses profissionais.
  4. Leia a apólice: leia atentamente a apólice do seguro para não se arrepender depois da sua escolha. Faça perguntas se tiver dúvidas e inclua o que for necessário antes de aceitar as cláusulas do contrato.
Selectra Seguros

Conheça todos os Seguros na Selectra!
Tudo sobre seguros de forma simples e feita para você!

Agora que você já sabe mais sobre seguro de viagem, aproveite para pesquisar as opções do mercado e fazer uma cotação para escolher o melhor seguro para viajar!

Atualizado