Seguro Cibernético vale a pena? Saiba como contratar

Seguro Cibernético
Tudo sobre Seguro Cibernético

Para novos riscos, as seguradoras criam novos seguros. Por isso, vamos falar do Seguro Cibernético, que protege o segurado contra ataques cibernéticos. Esse problemas são cada vez mais frequentes em diversas áreas, principalmente no ambiente corporativo. Quer saber o que é o Seguro Cibernético? Leia a seguir!



Seguro Cibernético: entenda o que é e como funciona

O que é Seguro Cibernético

Novos riscos, novos seguros. Você já ouviu falar sobre Seguro Cibernético ou Seguro para Riscos Digitais? Para muitas pessoas esse tipo de seguro ainda é uma novidade. Outras já conhecem e consideram a proteção fundamental para o dia a dia. Para explicar o que é o Seguro Cibernético, vamos dar um exemplo.

Se o antivírus é contratado para evitar problemas no ambiente digital, o seguro cibernético serve para dar assistência após a ocorrência de algum problema. Vamos explicar tudo sobre esse tipo de seguro para você entender melhor, veja a seguir.

O que é Seguro Cibernético?

Primeiramente, vamos começar explicando o que é o Seguro Cibernético para você saber se ele pode ajudar você em situações do cotidiano. Na prática, esse seguro oferece ajuda às pessoas e às empresas prejudicadas por ataques cibernéticos, ou seja, pela ação de hackers.

Sendo assim, se o seguro cibernético for acionado, então a seguradora se torna responsável por cobrir os danos causados pelo ataque de hackers sobre os dados pessoais ou empresariais e garante indenização ao segurado.

Esse tipo de seguro é, geralmente, destinado para empresas de todos os tamanhos que possam ter dados vazados ou roubados na internet com o objetivo de reparar o prejuízo causado por ataques digitais.

Por que contratar o Seguro Cibernético?

Você pode estar se perguntando o porquê uma empresa deve contratar um seguro de riscos digitais para agir depois do prejuízo causado pelos invasores. O fato é que empresas de diferentes portes e setores podem ser vítimas de falhas de software e ataques cibernéticos.

Dessa forma, a contratação desse tipo de seguro é ideal para recuperar o prejuízo financeiro que os invasores causam nas empresas. O chamado “risco cibernético” já é a quinta preocupação dos empresários no ambiente corporativo, já que o vazamento de dados pode causar grandes prejuízos.

Seguro cibernético ou de riscos digitais

Como funciona o Seguro Cibernético?

Inicialmente, a procura por esse tipo de seguro não vem da preocupação de se um ataque vai acontecer, mas sim de quando vai acontecer e qual estrago ele pode causar.

Então, esse tipo de serviço já faz parte do cotidiano de muita gente porque mesmo as empresas que utilizam antivírus, e outros recursos de proteção de dados, podem sofrer ataques cibernéticos constantemente.

Como funcionam os ataques cibernéticos?

As práticas mais comuns de ataques cibernéticos nas empresas são de phishing e ransomware, saiba o que são mais abaixo. Esses ataques geram grandes problemas, como comprometimento de dados de terceiros/clientes, acesso às redes de computadores e roubo de dados das empresas.

Esses ataques cibernéticos geram grandes problemas nos negócios das empresas, como impacto nas finanças e problemas de reputação, além de danos relacionados à privacidade e confidencialidade de dados.

Ciberataque: Brasil está entre os países mais inseguros
Saiba mais

Quem pode contratar Seguro Cibernético?

Qualquer pessoa jurídica pode contratar o seguro cibernético. Porém, os principais clientes são os bancos, instituições financeiras, laboratórios, hospitais e clínicas que trabalham com dados confidenciais.

Quais são as coberturas do Seguro Cibernético?

O Seguro Cibernético possui algumas coberturas específicas e destinadas para as empresas que sofrem com roubo de dados e outros ataques. São elas:

  1. Coberturas para o segurado: essa cobertura é destinada para as despesas necessárias para o segurado restabelecer o funcionamento da empresa. Neste caso, o seguro cobre: Despesas com Perito Forense, Restituição de Imagem, Lucro Cessantes, Custo de Restauração e Recuperação de Dados, Extorsão, Comunicação e Monitoramento.
  2. Coberturas para danos a terceiros: em casos de vazamentos de dados pessoais e/ou corporativos, as empresas precisam indenizar reclamantes terceiros que foram afetados pelos ataques. As principais coberturas contra reclamações de terceiros cobrem: Responsabilidade Civil Cibernética, Custo de Defesa, Investigação Administrativas, Reclamações PCI – DSS, Dados de Terceiros, Responsabilidade na Mídia, Multas e Penalidades Administrativas.
  3. Coberturas adicionais: como serviço adicional, as seguradoras oferecem o atendimento emergencial nas apólices dos segurados. Portanto, o atendimento é feito 24h por empresas parceiras das seguradoras para melhorar o tempo de resposta em relação ao incidente.

Como contratar Seguro Cibernético?

Após realizar as cotações e escolher a seguradora que oferece o seguro cibernético adequado para o que você precisa, o próximo passo seria informar os riscos de ataques aos que você e o seu negócio estão expostos. Depois, a seguradora analisa o questionário e define se pode assumir ou não os riscos identificados.

Em alguns casos, as seguradoras realizam testes de vulnerabilidade digital e pen test, que é um teste que avalia a segurança de um sistema de computador ou de uma rede, para verificar o nível de risco em relação aos possíveis ataques que a empresa pode sofrer.

Dessa forma, os preços do seguro cibernético poderão variar de acordo com esses testes e análises das seguradoras, que ajudam na identificação dos riscos e correções.

Quais seguradoras oferecem Seguro Cibernético?

Diversas seguradoras já oferecem o Seguro Cibernético no Brasil, que também pode ser chamado de Seguro para Riscos Digitais. Seguradoras como Tokio Marine Seguros, AIG Seguros, Zurich Seguros, entre outras, são algumas das que oferecem esse tipo de proteção.

Faça cotações em cada uma delas para escolher a melhor opção de seguro contra crimes digitais para o seu negócio.

Quanto custa o Seguro Cibernético?

É difícil dizer exatamente o valor desse tipo de seguro, visto que cada risco será avaliado pela seguradora e, dessa forma, o preço final do seguro cibernético pode variar de acordo com as necessidades de cada cliente.

Sem dúvida, é muito importante ter um Seguro Cibernético para se proteger no ambiente tecnológico que já faz parte das nossas rotinas. Ficou interessado? Então, leia outros conteúdos sobre seguros no nosso site!

FAQ Seguro Cibernético - Perguntas frequentes

O que é Seguro Cibernético?

O Seguro Cibernético, ou Seguro de Riscos Digitais, oferece assistência e proteção para pessoas e empresas prejudicadas por ataques cibernéticos, ou seja, pela ação de hackers.

O que é phishing? O que é ransomware?

Phishing é uma prática cada vez mais comum para aplicar golpes virtuais. Trata-se de uma estratégia de hackers para roubar a identidade ou dados confidenciais de um usuário, como informações bancárias e senhas, por meio de sites falsos que se passam por páginas oficiais. Já o ransomware é um malware, ou seja, um software que pode ser instalado no computador com o objetivo de acessar as suas informações. Esse tipo de software mal intencionado pode bloquear o uso do dispositivo, impedindo o acesso do usuário, ou ainda acessar e apagar qualquer informação armazenada.

Quem pode contratar Seguro Cibernético?

Qualquer pessoa jurídica pode contratar o seguro cibernético. Porém, os principais clientes são os bancos, instituições financeiras, laboratórios, hospitais e clínicas que trabalham com dados confidenciais.

Selectra Seguros

Conheça todos os Seguros na Selectra!
Tudo sobre seguros de forma simples e feita para você!

Agora que você já sabe mais sobre seguro de viagem, aproveite para pesquisar as opções do mercado e fazer uma cotação para escolher o melhor seguro para viajar!

Atualizado