Falhas no Pix | Veja como evitar problemas com pagamentos

Saiba como evitar as falhas do Pix nos seus pagamentos
Saiba como evitar as falhas do Pix nos seus pagamentos

Se você já está usando o Pix para fazer transferências ou está pensando em começar, mas se preocupa com as falhas do sistema, fique tranquilo. A seguir vamos explicar como usar o Pix com segurança, apresentar as principais falhas do sistema e ainda dar dicas de como evitar problemas com os pagamentos. Confira!


Saiba quais são as falhas do Pix e veja como evitar

Dicas Pix

O Pix, novo sistema de pagamento instantâneo e gratuito desenvolvido pelo Banco Central do Brasil, cada vez é mais usado pela população. Apesar do sucesso da ferramenta de transferências, foram identificadas algumas falhas no sistema.

Por isso, existem alguns cuidados que é recomendável ter ao usar o Pix para evitar problemas com os pagamentos ou fraudes. Confira a seguir quais são as principais falhas do Pix e as dicas para usar o Pix com segurança.

As principais falhas do Pix desde o lançamento da ferramenta são:

  • A formatação das chaves pelos bancos;
  • E-mails;
  • A leitura de QR Code;
  • Problemas ao copiar a chave aleatória;
  • QR Code inválido.

No entanto, mesmo com essas falhas, o sistema está sendo utilizado. Além disso, a ferramenta está sendo ajustada pelo Banco Central para melhorar a usabilidade para os brasileiros.

Por causa dos erros do Pix, diversas instituições enviaram aos seus clientes justificativas para os erros que aconteceram, com pedidos de desculpas e afirmando que serão feitos ajustes para que os problemas de pagamento não voltem a ocorrer.

Vale destacar que no primeiro dia de operação, o Pix registrou mais de 1 milhão de transações que somaram R$ 777,3 milhões. O volume de operações confirma o sucesso dos pagamentos via Pix desde o lançamento.

O Pix é seguro? Saiba como evitar fraudes
Tudo sobre Pix seguro

O que você não deve fazer ao usar o Pix

O Pix foi criado para facilitar as transferências e ser uma alternativa de pagamentos. Por isso, ele tem um conjunto de regras que devem ser seguidas para garantir o uso correto desse.

Porém, agora que você já sabe que existem algumas falhas de sistema no Pix, vamos listar algumas ações para evitar para não ter problemas quando usar a ferramenta. Confira a seguir quatro dicas de cuidados que ter para usar o Pix com segurança.

1. Não cadastrar a mesma chave do Pix em bancos distintos

Pix

Se você já tem uma chave Pix cadastrada em um banco ou instituição financeira para usar o Pix, você não pode realizar o cadastro de uma mesma chave em outra conta.

Caso você queira utilizar uma chave já cadastrada em outro banco, você deve realizar a portabilidade. No entanto, você tem a opção de cadastrar diferentes chaves em uma mesma conta bancária, podendo acumular até cinco chaves distintas.

2. Não digitar a chave errada ao realizar a transferência

Você deve verificar se a chave que você digitou está realmente correta, já que depois da confirmação a transação se torna irreversível. Portanto, confira o nome da pessoa e os dados pessoais quando você estiver fazendo pagamentos e transferências via Pix.

Caso você identifique algum erro depois da confirmação da operação, você pode realizar uma devolução voluntária, que funciona basicamente como se fosse um estorno imediato do cartão de crédito.

3. Não fornecer chaves com dados pessoais a estranhos

Você não deve fornecer chaves com os seus dados pessoais para desconhecidos, já que isso pode acabar revelando seu CPF, número de celular ou algum dado que você não gostaria de compartilhar com uma pessoa que pode fazer uso indevido dele.

4. Não ler QR Codes suspeitos

Você deve tomar cuidado ao realizar a leitura de QR Codes Pix. Sempre se certifique que a pessoa ou estabelecimento que criou o código é confiável, pois podem existir QR Codes usados em golpes para pegar seus dados.

Saque com Pix

O Pix deve liberar uma nova funcionalidade a partir de junho de 2021. Segundo informações do Banco Central, o objetivo é apresentar uma solução que possibilita o saque de dinheiro com o Pix nos comércios que usam o serviço. Com isso, o Pix pode deixar de ser gratuito, já que existe um planejamento de cobrança de tarifa em caso de transferências Pix para saque de dinheiro.

Ainda não foram decididas as condições para o saque e nem as tarifas que podem ser cobradas. Porém, o novo serviço do Pix deve estar disponível em junho deste ano.

Como vai funcionar o saque Pix?

O saque Pix deve facilitar a vida dos usuários e dos comércios, já todos serão beneficiadas com a solução. Se você tem dúvida como vai funcionar o saque Pix, fique tranquilo. Explicaremos melhor a seguir!

Quando esse serviço estiver ativo, não será necessário buscar um caixa eletrônica para sacar dinheiro, por exemplo. O usuário terá a opção de tranferir um valor para o estabelecimento usando Pix e o valor será entregue a ele em espécie. Aproveite para saber o que é e como funciona o Pix Garantido.

Selectra Seguros

Saiba mais sobre Finanças na Selectra!
Informações e dicas sobre investimento e finanças de um jeito simples para você!

Aproveite para ler outros artigos sobre finanças, investimentos e empréstimos!

Atualizado