Programa Imposto de Renda | Saiba como baixar e declarar

Tudo sobre o programa do Imposto de Renda 2021
Tudo sobre o programa do Imposto de Renda 2021

Anualmente, milhões de brasileiros fazem a declaração do imposto de renda de pessoa física e de pessoa jurídica. No dia 25 de fevereiro, foi liberado o programa do Imposto de Renda 2021, que pode ser baixado em computadores ou em formato de aplicativo para celular. Se você quer saber como usar o programa do IRPF, confira as nossas dicas!

Imposto de Renda 2021

Programa Imposto de Renda

Se você vai entregrar a declaração neste ano e quer saber como baixar o programa do Imposto de Renda 2021, nós temos algumas dicas que vão facilitar todo o processo. Aproveite para ler este artigo e tire todas as dúvidas sobre a declaração do IRPF. As informações que vamos compartilhar vão te ajudar a entregar o IR dentro do prazo e também a não cair na malha fina neste ano.

Como entregar Imposto de Renda?

As opções de entrega do imposto de renda em 2021 são as mesmas do ano passado e podem ser feitas das seguintes formas:

  • Pelo computador com o Programa Gerador da Declaração (PGD) em relação ao exercício de 2021;
  • Pelo computador através do serviço “Meu Imposto de Renda" disponível no Centro Virtual de Atendimento (e-CAC) no site da Receita Federal;
  • Por dispositivos móveis com a função “Meu Imposto de Renda”, disponível no aplicativo do IRPF 2021;
  • No portal e-CAC, através do site acessado com um certificado digital, na opção “Meu Imposto de Renda”.

Como baixar programa do Imposto de Renda 2021

Para baixar o programa do IRPF em 2021, basta clicar em um dos links abaixo. Você deve escolher se vai declarar pelo computador ou celular e escolher a plataforma de acordo com o sistema operacional que você usa.

Dicas para download do programa DIRPF

Download Programa DIRPF

Caso você prefira realizar o download através de outro conteúdo ou link, lembre-se de conferir se você está realmente no site oficial da Receita Federal, já que neste período do ano é muito comum que existam diversos links falsos, com o intuito de obter acesso aos seus dados.

Se você não sabe fazer o imposto de renda, confira o nosso passo a passo de como declarar o imposto de renda. Além disso, existem vários cursos, vídeos no Youtube e diversas publicações em blog, ebooks e outros tipos de materiais que ensinam a entregar a declaração do IRPF.

Caso você não se sinta seguro de obter essas informações pela internet, o ideal é que você consulte um contador ou escritório de contabilidade e passe todos os documentos necessários para que ele possa fazer seu imposto de renda.

Cabe lembrar ainda que, em alguns casos, você pode receber a restituição da Receita Federal, ou seja, receber algum dinheiro de todas as despesas que você teve no ano anterior. Em outras situações, você terá que pagar um determinado valor, podendo este ser parcelado.

Independente de pagar ou receber, é muito importante que todos os dados que você vá inserir na sua declaração de imposto de renda estejam atualizados, além disso, eles devem ser verídicos e você deve, no caso da declaração completa, ter o comprovante das suas despesas.

Agora que você já sabe as principais informações sobre o imposto de renda, caso você se enquadre em alguns dos critérios citados acima, baixe o programa em um dos links deste conteúdo e lembre-se de preencher sua declaração de imposto de renda até o dia 30 de abril de 2021 para não ter que pagar nenhuma taxa ou imposto.

Quem precisa fazer a declaração do imposto de renda para pessoa física 2021

Confira se você se enquadra ou não em um dos critérios abaixos para fazer a sua declaração de imposto de renda no ano de 2021:

  • Quem recebeu o auxílio emergencial com outros rendimentos tributáveis somando mais de R$ 22.847,76;
  • Quem recebeu rendimentos tributáveis, sujeitos ao ajuste na declaração, com soma superior a R$ 28.559,70;
  • Quem recebeu rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte com soma superior a R$ 40.000,00;
  • Quem obteve, em qualquer mês, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas;
  • Quem obteve ganhos com a venda de bens;
  • Quem comprou ou vendeu ações na bolsa;
  • Ao trabalhar com atividade rural, quem obteve receita bruta com valor superior a R$ 142.798,50 ou quem pretende compensar no ano-calendário de 2020, prejuízos de anos-calendários anteriores ou do próprio ano-calendário de 2020;
  • Se em 31 de dezembro, a pessoa teve posse ou a propriedade de bens e direitos (incluindo terras nuas) com o valor total superior a R$ 300.000,00;
  • Quem passou à condição de residente no Brasil em qualquer mês e nesta condição se encontrava até dia 31 de dezembro;
  • Quem vendeu imóveis e comprou outros dentro de um prazo de 180 dias usando a isenção do Imposto de Renda no ato da venda.

Quem não precisa declarar IRPF 2021? Se você não se encaixar em nenhuma das situações acima, ou seja, dependente de alguma outra pessoa física, você não precisa fazer a declaração deste ano e não é necessário se preocupar mais com isso.

Prazo para entrega do IRPF 2021

Prazo Imposto de Renda 2021

O programa para realizar a declaração do imposto de renda 2021 já foi liberado e o prazo para entrega do imposto de renda começou no dia 1 de março de 2021 e vai até às 23h59 do dia 30 de abril de 2021.

O que acontece se não entregar o Imposto de Renda no prazo?

Caso o imposto de renda não seja entregue no prazo, você será multado no valor de 1% ao mês, com um valor mínimo de R$ 165,74 e com o máximo de 20% do imposto que você pagaria.

Tipos de declaração de imposto de renda

Existem dois tipos de declaração de imposto de renda, a declaração simplificada e a declaração completa. Saiba a diferença a seguir!

  1. Declaração simplificada: ideal para aqueles que tiveram poucas despesas. Ao escolher essa opção, você tem um desconto de 20% da soma de todos os rendimentos tributáveis recebidos, sendo este abatimento limitado no total de R$ 16.754,34.
  2. Declaração completa: indicada para quem teve grandes despesas médicas, possui dependentes ou tem alguma previdência, sendo aplicada caso a soma total de suas deduções exceda o limite de R$ 16.754,34. Ao optar por ela, é necessário que você tenha o comprovante de todas as suas despesas que serão cadastradas.
Restituição do Imposto de Renda | O que é e como consultar?
Restituição Imposto de Renda
Selectra Seguros

Saiba mais sobre Finanças na Selectra!
Informações e dicas sobre investimento e finanças de um jeito simples para você!

Aproveite para ler outros artigos sobre finanças, investimentos e empréstimos!

Atualizado